Blog de Notícias

Após tiros em condomínio, moradora relata confusões frequentes: ‘Brigam por qualquer coisa’

Em janeiro, moradores registraram B.O depois que uma mulher foi esfaqueada durante uma discussão com a síndica. No domingo (13), um casal foi preso após fazer disparos com arma

Os moradores do condomínio em Sorocaba (SP) onde um casal foi preso por atirar durante uma discussão relataram ao G1 que as brigas no local são frequentes. Na noite de domingo (13), a Polícia Militar foi até o local após uma denúncia de barulhos de tiros.

Testemunhas disseram que cerca de 200 famílias vivem no local, que fica no bairro Altos de Ipanema, zona norte da cidade.

“Tem muita criança aqui e as discussões são frequentes. Eles brigam por qualquer coisa e chegam no limite até explodir”, afirma uma moradora.

Em janeiro, um boletim de ocorrência foi registrado depois que uma mulher foi esfaqueada durante uma discussão com a síndica no local. A confusão foi registrada por uma câmera de segurança.

Segundo a denúncia, o problema teria começado por causa da cobrança de juros no valor do condomínio.

“É difícil, porque a gente tem filho e fica morrendo de medo. Fora que vai cansando quem não tem nada a ver com a história”, diz a moradora.

Segundo outro morador, diversas famílias tentam sair do local por causa das discussões. Além disso, ele relata que não é feita manutenção no condomínio.

“Não cortam uma grama, não fazem nada por nós aqui. Nós estamos sem água há três dias. Estamos desesperados, uma hora é facada, outra é tiro”, reclama.

Segundo a PM, um casal suspeito de atirar no local no domingo foi abordado e um revólver com seis munições foi apreendido. Os dois foram encaminhados à delegacia. O homem permaneceu preso, pois era foragido da Justiça.

Ainda não se sabe o que teria motivado a discussão e os tiros. Um boletim de ocorrência por disparo de arma na via pública, apreensão de objeto e captura de procurado foi registrado e o caso será investigado.

Notícia Anterior
Levantamento aponta que número de assembleias virtuais em condomínios aumentou mais de sete vezes durante a pandemia
Próxima Notícia
Cuiabá libera áreas comuns de condomínios, parques e prorroga toque de recolher

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X