Blog de Notícias

Adolescentes entram em condomínio, furtam anel de apartamento e são detidos pela Guarda em Campinas

Circuito de segurança flagrou entrada do trio no prédio e momento da apreensão de dois jovens; um terceiro suspeito conseguiu fugir. Criminosos confessaram que saíram de São Paulo para cometer o crime, mas foram liberados

Dois adolescentes foram apreendidos pela Guarda Municipal, após furtarem um anel de ouro de um apartamento, no bairro Parque Prado, em Campinas (SP), na terça-feira (3).

Segundo a corporação, um terceiro suspeito também participou da ação e conseguiu fugir. As câmeras de segurança do prédio flagraram a entrada do grupo no condomínio pela porta da frente e também o momento da detenção.

Ainda de acordo com a Guarda, o trio confessou em depoimento que conhecia o dono de um apartamento no condomínio e sabia que ele guardava dinheiro.

Por isso, viajaram de São Paulo para Campinas com o objetivo de cometer o crime. No entanto, eles não conseguiram arrombar a porta da unidade e usaram uma chave de fenda para invadir outro imóvel, no andar de baixo.

No local, eles pegaram o anel, avaliado em R$ 12 mil, e reviraram o apartamento. Nenhum dos moradores estava em casa, mas os vizinhos ficaram preocupados com o barulho e avisaram o porteiro. A Guarda Municipal informou que o profissional, por ser novo no prédio, liberou a entrada dos três criminosos porquê eles disseram ser moradores do condomínio.

A corporação foi chamada e localizou os dois adolescentes ainda dentro das dependências do prédio. As imagens do circuito de segurança mostram o momento que eles tentam fugir, mas acabam detidos. O terceiro homem que participou do furto não foi localizado até a publicação.

Os proprietários dos dois apartamentos – o que os criminosos tentaram arrombar e o que conseguiram invadir – além dos dois adolescentes, foram levados para o 1º Distrito Policial de Campinas. Os suspeitos foram ouvidos e liberados após prestar depoimento. Um dos jovens já havia sido detido há quatro meses pelo mesmo crime.

“Os condomínios precisam observar esse tipo de movimentação e evitar esse tipo de adentramento com facilidade por essas pessoas”, afirmou o chefe de equipe da Guarda Municipal, Robson Luis Mariano.

Notícia Anterior
Criminosos no comando Em condomínio em Canoas, moradores eram expulsos
Próxima Notícia
Edifício JK tem eleição com 5 mil moradores para escolher síndico que pode substituir a atual, no cargo há 37 anos

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X