Blog de Notícias

Porteiro refém Bandidos roubaram cobertura de ex-prefeito de São Vicente

Porteiro foi feito refém para que criminosos pudessem invadir edifício

O apartamento de Pedro Gouvea (MDB), ex-prefeito de São Vicente, no litoral de São Paulo, foi invadido por criminosos nesta quinta-feira (18). As polícias Militar e Civil foram acionadas ao local. Gouvea conversou com o G1 e com a TV Tribuna, afiliada da Rede Globo, pouco tempo após o crime.

Segundo apurado pela reportagem, a PM foi acionada por volta das 18h05 para uma ocorrência de roubo a residência. O porteiro do edifício, que fica na Rua Freitas Guimarães, no bairro Itararé, foi feito refém e os suspeitos conseguiram entrar no local.

Informações preliminares apontam que pelo menos dois apartamentos foram alvos. O imóvel do ex-prefeito, que fica na cobertura, também foi invadido por criminosos. O caso foi registrado no 1º DP de São Vicente, responsável pela área dos fatos.

Depoimento de Pedro Gouvea

O ex-prefeito Pedro Gouvea conversou por telefone com a TV Tribuna e com o G1, pouco tempo depois do crime, e falou dos momentos de tensão pelos quais ele a família passaram. Confira os principais trechos da entrevista:

“Eu estava aqui em casa recebendo a visita de um veterinário e ele foi embora. Assim que desceu, tocou o interfone dizendo que ele precisava retornar. Quando ele voltou, entraram juntos dois bandidos armados, anunciando o assalto. Nesse momento, ele disse para a gente que todas as pessoas lá embaixo eles tinham prendido em uma salinha. Um policial teve a arma levada”.

“Levaram documentos e, enquanto isso, parece que eles tinham entrado em outros apartamentos, em dois ou quatro, simulando como se fossem compradores. Um corretor estava acompanhando eles. Ficaram aqui 10, 15 minutos dentro de casa. Levaram minha carteira, da minha esposa, algumas bijuterias, algumas joias da minha esposa e só isso. Não tinha nada de valor. Levaram anéis da minha esposa, do dedo dela”.

“Foi um arrastão que aconteceu em três ou quatro apartamentos e foram embora. Aqui no apartamento, eram dois criminosos, mas os moradores que estavam reféns disseram que eram quatro ou cinco homens. Alguns ficaram lá embaixo, enquanto os outros estavam em cima invadindo os apartamentos. Estavam só com máscara de proteção. O nosso apartamento parece que foi o último a ser invadido”.

“Graças a Deus, fisicamente, a gente está bem. Mas, estamos com medo, abalados. Estavam armados. São 10 ou 15 minutos que parecem uma eternidade, uma vida”.

“Gostaria de agradecer a preocupação de todo mundo e torcer para que a polícia consiga ter sucesso na investigação”.

Agressividade

Ao G1, também por telefone, a esposa do ex-prefeito, Mariana Menezes Madaschi, afirmou que os criminosos foram agressivos e jogaram Gouvea no chão. Além disso, um deles chegou a apontar o revólver na direção da cabeça da enteada dele.

“Colocaram o Pedro no chão e falaram para passar o dinheiro”, explicou Mariana. Ela relata que, no momento do assalto, além do ex-prefeito, a filha e duas amigas, entre 12 e 13 anos, também estavam no local.

Mariana conta que dois homens invadiram a casa e conseguiram roubar uma aliança, um escapulário e a carteira do ex-prefeito.

Ela reitera a necessidade de mais segurança, após os assaltantes conseguirem entrar no local fingindo serem compradores. “Foi horrível. Precisamos de mais segurança”, desabafou.

Notícia Anterior
Justiça determina retirada de mais de 50 capivaras que vivem em condomínio de Sorocaba
Próxima Notícia
Cachorro pula do segundo andar de prédio no DF e sobrevive à queda

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X