Blog de Notícias

Inspiração na crise Delivery de sucesso no condomínio ganha as ruas

O que era apenas entrega em um condomínio de Campo Grande, na pandemia cresceu e foi preciso mudar de endereço para seguir com as frituras, ter local para estoque e manter a qualidade do produto

A paixão pelo preparo de alimentos fazia de Lisiane Corrêa Ferreira, de 40 anos, a ‘cozinheira da rodada’. De tanto receber elogios e com incentivo do marido, ela se preparou, passou a vender delivery no condomínio onde morava, em Campo Grande, agora, dois anos depois, tem um ponto comercial e sonha com franquia.

“Estava sempre juntando amigos. Quem cozinha? Eu cozinho. Sempre eu levando a sobremesa, a salada. Sempre fui a cozinheira da turma. Eu sempre me prontifiquei, sempre amei cozinhar e amo […] Aos poucos a gente está crescendo. Quem sabe o sonho de uma franquia. Vamos tentar crescer”, fala Lisiane.

Nascida e criada no Rio Grande do Sul, Lisiane aprendeu a cozinhar vendo a mãe no preparo de doces e salgados. Aos 13 anos, conta, já amava estar ajudando na cozinha. E de lá para cá, a paixão continuou, ela passou a modificar receitas, inventar temperos, criando seus próprios sabores.

Anos depois, Lisiane se mudou com a família para Campo Grande. Incentivada por amigos, passou a pensar em um delivery no condomínio residencial onde morava. Ela e o marido fizeram cursos, começaram a vender comida japonesa e em meados de 2017, passaram a trabalhar somente com tilápia.

O sucesso no condomínio foi tanto, que até quem não mora no residencial pedia. Era a hora de se reinventar. De mudar de endereço.

“Começamos a vender apenas dentro do condomínio, para vizinhos. A demanda foi aumentando, fomos ampliando no que era possível, considerando estar fazendo tudo dentro de uma cozinha de apartamento, conseguindo melhores fornecedores, etc… Até o ponto onde não tivemos mais para onde crescer, pois era cozinha, área de serviço e até mesmo um dos quartos para estocar embalagens, óleo, farinha, etc. Era eu fritando das 18 às 23h, minha filha e meu marido entregando”, conta Lisiane.

O casal contratou consultoria, alugou um ponto comercial e também deixou o apartamento onde morava para ficar mais perto do local de trabalho. Em maio de 2020, em plena pandemia de Covid-19, as encomendas passaram a ser preparadas em novo endereço. Agora, a empresa que começou na cozinha com a correria de três pessoas, já gera quatro empregos.

“Como só tínhamos sido clientes, sempre pensamos na satisfação dos nossos. Por isso ofertamos uma porção bem servida e com muita qualidade. Nesse sentido, atendemos num raio de no máximo 10 km, para manter a qualidade do produto”, explica Lisiane.

A receita de sucesso de Lisiane começou no curso que fez, com sabor e modo de preparo que ela inventou. “Eu comecei a experimentar do jeito que eu achava melhor. A tilápia preparada totalmente artesanal, eu faço tudo na hora. Não gosto de fazer congelada. Fui fazendo pra nós, dando para os amigos provarem e pegando opinião. Foi indo e todo mundo foi gostando demais e foi virando febre no condomínio. Fiquei conhecida como a moça da tilápia, gauchinha da tilápia”.

O delivery da Lisiane tem duas opções de generosas e fresquinhas porções à base de tilápia. Funciona de terça a sábado das 18 às 22h30 (de MS) e o cardápio pode ser conferido nas redes sociais. Há opção de entrega e retirada no local e também para compra de bebidas.

Notícia Anterior
Proposta de extinção de condomínio independe de registro de partilha do imóvel
Próxima Notícia
Condomínios do Rio oferecem aluguel de carro para moradores diretamente no estacionamento

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X