Blog de Notícias

Segurança na entrada dos condomínios

Uma pessoa muito importante na segurança do condomínio é o porteiro, pois ele é quem está diuturnamente observando e vendo quem entra e quem sai do condomínio e é quem tem a responsabilidade de autorizar ou não a entrada de visitantes, funcionários e prestadores de serviço.

Por isso é fundamental ao selecionar um funcionário para a portaria, quer seja ele, contratado diretamente pelo administrador, pelo síndico ou através de uma empresa terceirizada, que o mesmo seja avaliado e verificado se tem as qualificações e discernimento para realmente atuar como porteiro e controlador de acesso, pois é fundamental que o funcionário seja alguém que sempre esteja atento e que tenha um bom treinamento para saber identificar e avaliar as pessoas que chegam e solicitam para entrar na área do condomínio.

Pois caso seja autorizado indevidamente a entrada de um “marginal”, todos os moradores estarão em risco.

Mas, para que o porteiro tenha como cumprir com suas funções corretamente, é fundamental que os condôminos façam a sua parte, ou seja, sigam as normas de segurança e conduta que constam do estatuto do condomínio.

É comum ao conversarmos com esses funcionários, ouvirmos histórias sobre moradores que se acham acima dos demais e que não seguem as regras e nesses casos para não acabar perdendo o emprego, porque geralmente os que não cumprem as normas são os que mais reclamam da segurança, pois são prepotentes e via de regra colocam sempre a culpa na falta de preparo do funcionário e nunca assumem a sua falta de comprometimento com a segurança dos demais moradores.

Para evitar esses transtornos, é necessário que o síndico invista em tecnologia, para retirar do porteiro a liberação do acesso e deixar que a tecnologia o faça, e hoje devido ao Covid-19, temos que pensar em uma tecnologia que reforce a segurança mas mantenha a saúde dos moradores, e para basta usar a liberação do acesso com reconhecimento facial.

Este é apenas um exemplo de fato já ocorrido, mas que qualquer condomínio pode estar sujeito a isso.

Por isso nunca esqueça, PREVENIR é sempre o melhor remédio.

Notícia Anterior
Apartamento fechado pode ser um peso nas mãos do proprietário
Próxima Notícia
Secretaria de Saúde do RN autoriza funcionamento de academias em condomínios; veja regras

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X