Blog de Notícias

MG: confusão por som alto em condomínio acaba em morte

Morador fez reclamação por perturbação de sossego e o acusado recebeu os policiais a tiros. Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas

Uma confusão por causa de som alto em um apartamento resultou em morte na madrugada do último sábado (22), em Uberlândia (MG). Um vigilante, de 46 anos, faleceu após ter sido baleado no peito e no braço, e duas pessoas ficaram feridas: um policial levou quatro tiros, um na perna e três nas nádegas; e um outro morador do condomínio foi baleado. 

O morador que foi atingido, momentos antes da confusão, havia acionado a polícia por perturbação de sossego. O vigilante, que não foi identificado, estaria com o som alto, atrapalhando os vizinhos. Segundo os policiais, eles foram até a porta do homem que estava causando o distúrbio, junto do solicitante da denúncia e, ao se identificarem, o acusado abriu a porta atirando contra os PMs. 

Além das pessoas feridas, os disparos atingiram uma janela e um carro. A arma utilizada pelo vigilante foi apreendida pela Polícia Militar.

Notícia Anterior
Condomínio indenizará moradora que dividiu apartamento com esgoto por mais de um ano
Próxima Notícia
Menina de 10 anos morre após cair do 19° andar de edifício em SP

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X