Blog de Notícias

Moradores de condomínio em Manaus denunciam aumento indevido de taxa

Moradores do Condomínio Passaredo, localizado no bairro Ponta Negra, zona Oeste de Manaus, denunciam que a síndica do local, Ana Cristina, marcou para o próximo dia 29 de maio a realização de uma assembleia virtual com o objetivo de aumentar a taxa condominial, alegando que os gastos estão superiores a receita.

A denúncia alega que a síndica não disse quais critérios foram utilizados para se chegar ao aumento do valor. Além disso, ela não teria prestado conta dos atuais gastos do condomínio.

Insatisfeito, um dos moradores, Fábio Tavares Amorim, ingressou com um pedido no plantão do judiciário amazonense, requerendo, em suma, uma tutela de urgência para suspensão da assembleia, a prestação de contas e a realização de assembleia presencial. Tais pedidos foram acolhidos pelo juiz Cássio Borges, sendo imposta multa diária de 2 mil reais até 50 mil reais em caso a ordem não seja cumprida em cinco dias.

Apesar da decisão, a síndica do condomínio, Ana Cristina, informou aos condôminos que não irá cumprir a decisão e irá recorrer. Os demais moradores estão preocupados com a multa imposta, vez que poderá impactar no orçamento do condomínio. Há uma organização no sentido de acionar o ministério público do estado e também de destituir a atual síndica do cargo.

Notícia Anterior
5G vai acabar com a falta de internet em condomínios verticais, avalia Minicom
Próxima Notícia
Perigos ocultos no condomínio: saiba como combatê-los

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X