Blog de Notícias

Em meio a pandemia, pedidos de financiamento feitos por condomínios sobem 115%

Reformas, implantação de portaria remota e placa solar estão entre as principais razões 

Os condomínios estão precisando de dinheiro para implantar melhorias em áreas comuns, fazer adequações e implantar tecnologias que ajudem a reduzir custos. Segundo o CondoConta, o banco exclusivo para condomínios, os pedidos de financiamento cresceram 115% de maio de 2020 para cá, entre as centenas de condomínios clientes do banco. No topo da lista estão os pedidos de empréstimos para a reforma de áreas comuns. Em seguida, vem a implantação de portarias remotas, o que inclui o desligamento de colaboradores e adequações. O terceiro principal motivo é a instalação de placas solares.

“Percebemos que, na pandemia, a presença quase integral dos moradores nos condomínios tem mudado a percepção deles sobre os espaços comuns, custos e facilidades. Síndicos e administradoras estão apostando nessas melhorias para deixar espaços mais confortáveis, cômodos e entregar melhor custo benefício”, afirma Rodrigo Della Rocca, CEO e um dos fundadores do CondoConta. 

Segundo Rodrigo, outro motivo que tem incentivado as melhorias é a maior participação dos proprietários nas assembléias. As reuniões online facilitaram e motivaram proprietários a participar das discussões sem que precisassem se reunir pessoalmente e costumam ser mais rápidas e objetivas que as presenciais. 

Outra razão que pode ter colaborado para o aumento é a facilidade para solicitação dos financiamentos. Enquanto bancos tradicionais pedem um número maior de documentos, que muitas vezes os condomínios não possuem, e levam, em média, de 20 a 30 dias para liberar o valor após aprovação, o CondoConta leva 2 dias úteis. “Por não serem empresas ou pessoas físicas, os condomínios acabam ficando em uma zona cinzenta dos bancos tradicionais”, conta Atílio Borges, CFO do banco CondoConta, com 30 anos de experiência no setor financeiro e imobiliário. 

O valor médio dos pedidos de Financiamentos para reformas de área comuns é de R$ 100.000,00. Para solicitar o empréstimo, os síndicos ou administradores precisam informar a quantidade de apartamentos, arrecadação mensal e relatório de inadimplência. 

Notícia Anterior
Golpes por delivery Bandidos cobram taxa extra fictícia de moradores
Próxima Notícia
Condomínios se mobilizam para doação de sangue

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X