Blog de Notícias

7 cuidados importantes na área comum do condomínio

Além dos limites de cada apartamento, é na área comum do condomínio que se exercita essa boa convivência. É nela que os moradores se cruzam e precisam manter alguns padrões de conduta para garantir a boa relação entre todos e a manutenção da ordem.

Confira 7 cuidados que todos devem ter na área comum do condomínio para manter a harmonia.

1. Respeite o uso dos equipamentos e áreas de lazer

Viver em condomínio exige capacidade de compartilhar, de dividir aquilo que está à disposição de todos. Isso é essencial para que o máximo de pessoas possa desfrutar da infraestrutura disponível para os moradores.

As áreas de lazer e equipamentos, como salão de festas e churrasqueiras, por exemplo, devem ser utilizadas sempre com esse pensamento coletivo. Lembre-se que essa infraestrutura não é exclusiva de nenhum proprietário. Logo, todos devem zelar pela sua conservação e respeitar as normas de utilização.

É provável que o seu condomínio tenha regras que permitam que o maior número de moradores desfrute desses equipamentos. Se não há, é preciso usar o bom senso e exercitar a boa vizinhança.

2. Tenha cuidado com a circulação de animais

Esse é um item polêmico por natureza. Quem não abre mão da companhia de seus pets não entende aqueles que preferem manter distância dos animais. E estes, muitas vezes, não toleram a menor aproximação com cães e gatos. Mais uma vez, o respeito do espaço alheio.

Embora os condomínios não possam proibir animais de estimação que não causem riscos à segurança ou à saúde dos moradores, é possível estabelecer normas para a circulação dos pets nas áreas comuns, como a obrigatoriedade de que sejam conduzidos na coleira e no colo.

Seguindo estas normas, é possível manter seu animal de estimação no seu imóvel sem desrespeitar as regras do condomínio e sem criar problemas com seus vizinhos.

3. Evite crianças soltas no condomínio

Os condomínios maiores, com amplas áreas de lazer, oferecem uma variedade de equipamentos destinados às crianças, incluindo playground, sala de jogos e quadras esportivas, entre outros. Esses são os espaços adequados para que eles se divirtam.

O alerta é importante, uma vez que, sem a supervisão dos pais ou responsáveis, não é raro que as crianças se aventurem em outras áreas do condomínio, o que, além de riscos à segurança, podem ocasionar danos e gerar despesas extras às famílias. O ideal é que as crianças menores sejam sempre monitoradas por um adulto ou responsável. Já os maiores devem ser orientados sobre as áreas onde podem brincar à vontade e onde seu acesso não é permitido.

4. Programe-se para utilizar os equipamentos do condomínio

Como dissemos anteriormente, os condomínios costumam estabelecer normas para organizar a utilização de equipamentos como salões de festas e espaço gourmet de forma a garantir que todos os moradores tenham a oportunidade de desfrutá-los.

Geralmente, é preciso informar aos administradores sobre o seu desejo de utilizar esses espaços em dias determinados, fazendo uma reserva. Esse planejamento pode evitar surpresas de última hora que podem inviabilizar o seu programa, especialmente em períodos de festas, quando a demanda é maior.

Informe-se sobre como é o processo de reservas desses espaços em seu condomínio e evite surpresas desagradáveis.

5. Tenha cuidado na garagem

O estacionamento é uma das áreas que requer maior atenção por parte dos moradores. Mesmo nos condomínios onde a garagem é isolada do restante das áreas comuns, é importante sempre manter prudência ao entrar e sair com o seu veículo. Embora estejam em meio aos carros, as pessoas não têm a mesma atenção de quando estão nas ruas. Assim, sempre há o risco de acidentes ou de pequenos danos aos demais veículos.

Contribui também para o bom uso da garagem do condomínio a consciência no momento de utilizar as vagas coletivas, destinadas apenas ao embarque e desembarque. Por isso, busque ficar atento ao limite de tempo de uso desses espaços.

6. Atenção na destinação do lixo

O descarte do lixo, bem como a limpeza e higiene das áreas comuns é uma tarefa que envolve tanto moradores quanto a administração do condomínio. Não basta exigir que o prédio esteja sempre limpo e asseado se cada morador não fizer a sua parte.

Isso inclui respeitar os procedimentos e períodos para o descarte do lixo. Hoje, a maioria dos condomínios realiza a coleta seletiva de resíduos, com definição de espaços, dias e horários para o descarte de cada material. O desrespeito a essas normas pode, inclusive, gerar multa ao morador.

Também é fundamental respeitar as regras de limpeza quando se utiliza áreas comuns, como churrasqueiras ou o salão de festas. Alguns condomínios providenciam a limpeza deses espaços após o seu uso. Em outros, cabe aos moradores.

7. Conheça e respeite o regimento interno do condomínio

Todo condomínio dispõe de um conjunto de normas que regulam a maioria das situações acima no que se refere ao comportamento esperado pelos moradores. É o chamado regimento interno, um guia de diretrizes para o comportamento de todos os frequentadores.

O regimento interno é um conjunto de normas aprovado pelos moradores em assembleia. Trata-se de um dispositivo que deve constar da Convenção do Condomínio, que funciona como a “constituição” dele. Ou seja, não se trata de um regramento determinado pelo síndico ou administrador.

O regimento interno pode estabelecer, inclusive sanções a quem o desrespeita, como as multas, por exemplo. Logo, é bem importante que todos os moradores conheçam e respeitem o que estabelece o regimento interno para evitar atritos tanto com vizinhos quanto com a administração do condomínio.

Seguir os cuidados que listamos acima é uma conduta válida não apenas quando para garantir a boa convivência com seus vizinhos. Praticar e disseminar estes comportamentos garantem também a harmonia essencial para a nossa qualidade de vida. Manter uma conduta adequada na área comum do condomínio demonstra, na verdade, nossa capacidade de viver em comunidade, respeitando ao próximo.

Notícia Anterior
Mulher denuncia que policial militar atirou contra apartamento após ela reclamar de barulho, em Goiânia
Próxima Notícia
Veja os 17 condomínios do DF que passam a contar com coleta do SLU

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X