Blog de Notícias

Condomínio tem fios de cobre furtados pela 7ª vez e tem prejuízo de R$ 50 mil

Apesar de câmeras, refletor e alarmes, nada inibe os criminosos que já cometeram sete furtos no local desde de 2018, sendo que quatro foram só neste ano

Um condomínio comercial que fica na avenida Pedro II, na altura do bairro Caiçara, região Noroeste de Belo Horizonte, sofre com os roubos constantes de fios de cobre no poste em frente ao local. Apesar de câmeras, refletor e alarmes, nada inibe os criminosos que já cometeram sete furtos no local desde de 2018, sendo que quatro foram só neste ano. 

Os prejuízos já ultrapassam R$ 50 mil. “Toda vez que tem o furto a gente tem que comprar novos fios e contratar eletricista para fazer os reparos. Teve uma vez que o prédio ficou sem luz uma semana e tivemos que alugar um gerador”, conta o síndico e administrador do condomínio Igor Gontijo.  No local há quatro lojas, que, além dos prejuízos para reparar os fios, ainda perdem tendo que ficar fechadas por causa da falta de energia elétrica.  

Os últimos crimes ocorreram no mês passado e neste mês. No dia 11 de junho os criminosos roubaram o cabeamento, que foi reinstalado no dia 14 de junho. No dia seguinte, 15 de junho, os cabos foram novamente furtados. Depois, no último dia 3 de julho, o crime ocorreu novamente pela madrugada.  

As imagens registradas pelas câmeras de segurança do condomínio mostram que dois homens praticam a ação. Parecem ser os mesmos suspeitos. Um deles sobe no poste, enquanto o outro aguarda na rua. Um dos criminosos usa uma roupa semelhante à dos funcionários da Cemig.  

“Nós colocamos câmeras, colocamos um refletor que acende quando eles chegam ao poste e colocamos um alarme que apita, mas eles não ligam para isso e continuam o roubo tranquilamente”, conta o síndico. Todas as vezes que ocorreu o crime, boletins de ocorrência eram registrados. 

A Polícia Militar (PMMG) informou que são realizadas na região ações e operações policiais e tem atuado de forma a diminuir a incidência desse delito. “Inclusive, dentre as ações está o combate aos receptadores que fomentam este tipo de crime, conforme exemplo da data de ontem que, durante operação desencadeada pela Unidade, foi apreendida uma tonelada e meia de cobre”, finalizou a nota.  

Cemig 

A Cemig alerta para os perigos que as pessoas que realizam furtos estão sujeitas. “Além dos transtornos à população, essa prática é um crime previsto na legislação e que pode causar acidentes graves, morte ou sequelas irreversíveis para quem tenta furtar equipamentos e estruturas da rede de energia, sejam elas da Cemig ou de particulares”, pontuou a nota.  

Notícia Anterior
Veja os 17 condomínios do DF que passam a contar com coleta do SLU
Próxima Notícia
Problemas ao divulgar o nome dos condôminos inadimplentes

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X