Blog de Notícias

Moradores de condomínio de BH ficam sem água por quase dois dias

Segundo os condônimos, o desabastecimento ocorreu após a Copasa realizar manutenções emergenciais nas redes da região

Moradores de um condomínio no Bairro Santo Antônio, em Belo Horizonte, estão sem água desde a noite do último domingo (22/8). Os moradores alegam que o desabastecimento ocorreu após a Copasa ter realizado manutenções emergenciais na rede de abastecimento da região. 

O condomínio é o Edifício Parque Firenze, localizado na Rua Luisa Carvalho Torres, na Região Centro-Sul de BH. Segundo Juvenal Lima Gomes, de 40 anos, síndico do prédio, o desabastecimento de água começou às 23h do domingo (22) e, até nesta terça (24) ainda não havia água no prédio.

“Já se passaram mais de 24 horas. Estamos sem água até para beber e estou há 12 horas tentando resolver este problema com a Copasa, que não nos deu nenhuma solução até o momento”, afirma o síndico.

Juvenal ainda disse que ligou inúmeras vezes para a Copasa para tentar solucionar o problema: “Após inúmeras ligações e protocolos gerados, mas sem solução, três atendentes desligaram o telefone na minha cara e o sistema de atendimento da Copasa parece que bloqueou meu número. Com isso, tive que pedir aos vizinhos para ligarem de seus respectivos telefones, um descaso total desta empresa com o cliente”, relata o síndico.

 “Um dos vizinhos que conseguiu ligar disse que a Copasa iria mandar uma equipe técnica para ver se o problema era local, mas não tinha data nem hora marcada para a avaliação”, explicou Juvenal.

Toda a região estava com abastecimento regularizado após a manutenção realizada entre as 23 horas de domingo e as 12:40 de segunda. Às 13 horas de ontem, segunda-feira, os registros já haviam sido abertos e o abastecimento estava sendo retomado na região.

Na inspeção de hoje, a Copasa informa que o edifício onde foi relatado o problema possui seis andares e é desprovido de reservatório inferior. A ausência desse tipo de reservatório compromete a regularização do abastecimento após alguma interrupção em decorrência de necessidade de manutenção nas redes de distribuição. É recomendável que edificações de tal porte possuam reservatório inferior.

Equipe da Copasa seguiu no endereço para auxiliar os moradores em verificação de problemas adicionais internos no imóvel, mesmo não sendo sua atribuição, que pudessem ter contribuído para o desabastecimento.

As reclamações apresentadas foram fato isolado quando da realização da manutenção.

Equipe de relacionamento com o cliente manterá contato com o reclamante para conversar sobre o atendimento recebido pelo cliente e averiguar eventual descumprimento de protocolo estabelecido pela Companhia. As respostas serão encaminhadas ao cliente que apresentou seus questionamentos.”

Notícia Anterior
Telefônica deve fornecer integralmente serviços contratados
Próxima Notícia
Homem pula cerca elétrica, invade condomínio e é flagrado andando sobre telhado de casas em São Luís

Últimas Notícias

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X