Blog de Notícias

Idoso denuncia gestora do condomínio após discussão em SP

Vítima disse à polícia que teve um aumento significativo na conta de luz, e que foi orientado a verificar o medidor, mas a administradora do imóvel não permitiu

Um idoso de 61 anos afirma ter sido agredido pela síndica e o filho dela em um prédio no bairro Vila Caiçara, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O caso aconteceu na terça-feira (30).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a vítima relatou à polícia que reparou um aumento significativo na conta de energia, foi até a concessionária pedir informação e foi orientado a desligar o relógio por 40 minutos, para verificar se apresentava problema.

De acordo com o boletim de ocorrência, o idoso pediu para que a síndica abrisse o quadro de força, que se encontrava fechado, e mediante a recusa por parte dela, iniciou-se uma discussão.

Ainda de acordo com o relato, a síndica empurrou o idoso e, em seguida, o filho dela trocou socos com ele e o empurrou. O caso foi registrado como lesão corporal no 3º DP de Praia Grande.

A vítima foi encaminhada para exame no Instituto Médico Legal (IML) e orientada quanto ao prazo para representação criminal dos fatos.

Notícia Anterior
Como tornar a multa um instrumento eficiente?
Próxima Notícia
Advogado é suspeito de ameaçar funcionários em condomínio

Últimas Notícias

Previsão do Tempo

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X