Blog de Notícias

Confira dicas para evitar acidentes com pisca-pisca de Natal na rede elétrica

As festas de fim de ano estão chegando e as tradicionais comemorações de Natal e Ano Novo já começam a movimentar o comércio. É costume a procura por decorações natalinas para enfeitar residências, condomínios, prédios comerciais, escolas e até hospitais. O pisca-pisca é um clássico, está presente em milhares de ambientes nesta época do ano.

Diante desse cenário, a Equatorial Energia faz um alerta no que se refere à segurança na hora de escolher e instalar equipamentos que podem causar acidentes graves e até fatais. As luzes e demais adereços exigem alguns cuidados para evitar acidentes e prejuízos causados por enfeites “piratas” e instalações inadequadas.

O consumidor deve estar atento em relação à qualidade dos produtos, o estado de conservação dos enfeites, se houve ou não o reaproveitamento de um ano para o outro. O executivo de segurança da Equatorial Pará, Alex Fernandes, alerta para uma checagem nos fios. “É importante observar se eles estão rompidos, pois se forem de baixa qualidade, há a possibilidade de um superaquecimento e acidentes. Outro item que não pode passar batido é verificar se a loja vende produtos homologados e com selo de certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro)”, explica Fernandes.

PISCA-PISCA

Para garantir o sucesso e segurança da decoração natalina, o consumidor deve ficar de olho nas embalagens dos pisca-pisca, que devem conter informações técnicas como: instruções de uso, potência, tensão de alimentação. As lâmpadas de led são consideradas mais seguras e econômicas.

“O ideal é evitar a proximidade entre as luzinhas e os enfeites feitos de papel, algodão, cartolina e folhas secas. As luzes não devem estar próximas de enfeites produzidos com papel, cartolina, algodão, lã e palhas secas. Pois podem causar aquecimento e até incêndios”, orienta Alex.

DICAS PRECIOSAS:
  • As ligações desses enfeites devem ficar longe do alcance de crianças e de ornamentações como cortinas, tapetes ou móveis de MDF.
  • Artigos decorativos não devem ser instalados próximos aos postes ou fios da rede elétrica.
  • Em ambientes externos deve-se atentar para cercas, grades ou qualquer parte metálica.
  • Na hora da reutilização dos enfeites é importante conferir a integridade do condutor de energia (fio).
  • Emendas e conexões malfeitas devem ser evitadas ao máximo, pois os fios não devem ter seu isolamento (capa protetora) rompido ou conexões e emendas com folga.
  • Não deixe os fios no chão, onde há circulação de pessoas, veículos e animais.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Notícia Anterior
Saiba como deve ser a acessibilidade de áreas comuns do condomínio
Próxima Notícia
Entenda melhor como a LGPD também se aplica em condomínios

Últimas Notícias

Previsão do Tempo

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X