Blog de Notícias

Condomínios de Ribeirão Preto têm adotado serviço de ronda particular

Contratação de vigias responsáveis por serviços de rondas tem sido uma das ferramentas de prevenção a crimes mais procuradas por síndicos e moradores

Condomínios da zona Sul de Ribeirão Preto (SP) têm investido na contratação de empresas e serviços de vigilância com foco nas áreas externas dos residenciais para tentar driblar a insegurança em meio à sensação de aumento da criminalidade na região.

De acordo com o coordenador operacional de uma empresa do ramo, Marcelo Pires, a procura por equipes de vigias responsáveis por serviços de rondas cresceu. Ele ainda aponta que os serviços funcionam de forma preventiva.

Segundo um levantamento realizado pelo empresa onde Pires opera, o resultado das contratações em relação ao combate à violência tem sido positivo. Ao todo, uma queda de 70% no número de ocorrências de furtos e roubos foi registrada nos locais que contam com a presença dos vigias.

“Devido à violência na cidade de Ribeirão Preto os condomínios estão procurando essa comodidade, essa segurança extra. O vigilante faz a área externa dos condomínios fazendo uma prevenção. Se ele encontrar algo diferente ele vai parar e chamar o 190 para que atenda a ocorrência”, aponta.

Busca por segurança

Responsável por dois condomínios no entorno da Rua Paschoal Bardaro, ”campeã” de furtos e roubos de veículos em 2021, o síndico Ricardo Cardoso Garcia foi um dos que recorreu à contratação de rondas que atuam 24h ao redor dos residenciais.

Os profissionais contratados circulam uniformizados em motocicletas por todo o quadrilátero dos imóveis. Segundo Garcia, o principal objetivo é que os moradores tenham maior segurança ao estacionar os veículos e adentrar às residências.

“Nós achamos viável contratar essa ronda motorizada para atender esse quadrilátero nosso aqui desses empreendimentos. O objetivo maior é fazer com que o morador, na hora que ele vai adentrar com seu veículo ou sair do empreendimento, ele tenha essa segurança também de não ser surpreendido”, diz.

Para a professora e moradora de um dos condomínios, Valéria Aparecida Freire Faustino, a utilização de ferramentas que proporcionam mais segurança, como a presença dos vigias e o sistema de monitoramento integrado às câmeras, colaboram no combate ao crime.

“Eu gosto da ronda o tempo todo, a gente pode contar, principalmente a gente que é mãe. Minha filha chega do colégio, ela já tem a digital, então ela entra, o vigia acompanha pela câmera, me comunica. Hoje, na realidade que estamos vivendo, faz toda a diferença”.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA

Notícia Anterior
Condomínio indenizará morador por irregularidades em poço artesiano
Próxima Notícia
Proprietário chocado com crime pede desocupação de imóvel

Últimas Notícias

Previsão do Tempo

Menu
error: Conteúdo Protegido !!
X